segunda-feira, 23 de junho de 2008

MESTRE PIRRALHINHO

Fui conferir e curtir o programa cultural dos festejos juninos. A prefeitura teve a sabedoria de prestigiar os artistas locais, grupos folclóricos, as expresões populares. Aqui, como em Campina Grande dá gosto ir pra rua brincar. Porque houve um tempo em que se perdeu este gosto, tanta desconfiança nos olhares e corpos rígidos, agora a alegria está de volta, caminho de saúde e felicidade. ******************************************** Pois foi ali que me deparei com o Mestre Pirralhinho, um homenzinho de menos de metro e meio, no entanto um gigante comandando o Boi Estrela do Norte, na apresentação na praça São Pedro: dançarinos exímios, incansáveis, vibrantes, contagiantes. As figuras de Pai Mateus, o boi, o amo do boi; Margarida e Jaraguá (pássaro mítico), enormes bonecos, tudo encadeado, e muito animado. Sim, prestigiaram os caprinos, com uma cabra engraçada a dançar antes do boi. Não havia como ficar passivo diante de tanta alegria. Além dos dançarinos adultos, um menino de cerca de 7 anos dançava sem parar, no centro da apresentação, aprendendo a arte de brincar o boi, encantando as crianças da platéia, todos querendo imitar os passos e postura de príncipe da brincadeira. Parabéns à comunidade bairro dos Novaes, em Cruz das Armas. Felicidade, é o nome da programação do Centro Histórico, nutrindo a alma brincante dos paraibanos.*********************************************************************

11 comentários:

ozeca disse...

E parabéns a todos aqueles que sabem expor as manifestações folclóricas com dignidade, dentro das melhores tradições locais.

Miguel disse...

Preservar o folclore é preservar a cultura. Parabens Cecilindiazonha pelo texto e por seu retorno ao blog.
Senti sua falta!

Saramar disse...

Ceci, posso dizer: estou com inveja porque aqui, no planalto central, as festas juninas já não são tão bonitas assim.

beijos, boa semana para você.

Lino disse...

Festas juninas me lembram a infância. Hoje, elas ficaram mais distantes, mas estiveram muito presença na minha infância e juventude.

dácio jaegger disse...

Festas juninas do Nordeste ainda são as que mantém o folclore original, dizia domingo numa entrevista uma historiadora carioca, a respeito do que se comemora por aqui com funk, reggae, créus e outros bichos. Xô. Obrigado pelo carinho da visita. Um beijo.

Jota Effe Esse disse...

Muito bom saber que João Pessoa está prestigiando as tradições juninas. Parabéns pelo texto ilustrativo desses eventeos. Meu beijo.

Márcia(clarinha) disse...

Tão maravilhoso saber que cultuam as raízes que valorizam o folclore que vivem a nossa terra.
Parabéns, Viva São João!!

dia lindo, flor
beijos

Roseane, disse...

Eu não queria ficar de fora dos festejos juninos, por isso fiz um arraiá virtuá em meu blog.Foi bem divertido!

Roseane, disse...

Valeu tua participação no meu arraial. Bjks!

Scliar disse...

Ah, senti falta de umas fotos, para me deliciar com estas maravilhas de folclore para esquentar os olhos! Abraços, Ethel SC

Anônimo disse...

Amiga Cecdi, há quanto tempo. Visitá-la é um prazer revado. Um foerte abraço.Lendo sua mensagem anterior, felicito-a por voltar a encarar a vida com alegria. Francisco Dantas.