sexta-feira, 31 de outubro de 2008

HOMENAGEM a Carlos Drummond de Andrade

Além da Terra, além do Céu

Na passagem do aniversário do poeta, um de seus belos poemas: / Além da Terra, além do Céu, / no trampolim do sem-fim das estrelas, / no rastro dos astros, / na magnólia das nebulosas / Além, muito além do sistema solar, / até onde alcançam o pensamento e o coração, / vamos! / vamos conjugar / o verbo fundamental essencial, / o verbo transcendente, acima das gramáticas / e do medo e da moeda e da política, o verbo sempreamar, / o verbo pluriamar, / razão de ser e de viver. /

Carlos Drummond de Andrade (nascido em. Itabira, 31 de Outubro de 1902

— faleceu no. Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 1987). *******************

************************************************************

VEM AÍ A BLOGAGEM COLETIVA:

ADOÇÃO, UM ATO DE NOBREZA!

3 comentários:

Miguel disse...

Cecilindiazinha,que bom voltar a te ler e a ler Drumond.
Você continua morando no meu coração.

Georgia disse...

Oi, desta vez sem tempo para te ler. Mas estamos vindo aqui dar um alô de que a blogagem da Adocao comeca na Segunda-feira e termina no Sábado.

Escolhe por favor um dia para postar o seu texto e nos avise por favor.

Um abraco do Dacio
http://casadefestas.blogspot.com/

e da Georgia
http://blog-blogagem.blogspot.com/

dácio jaegger disse...

"sempreamar, / o verbo pluriamar, / razão de ser e de viver."
E durante a semana iremos ler demonstrações do verbo amar, pelos que adotaram, os adotantes e adotados. Alguma parte irá expectar, se emocionar e até chorar. bjs. Bom fim de semana.