quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

UMA POETISA DE ALÉM MAR

Seguindo o comentário de FERNANDA,

encontrei este poema de

Sophia de Mello Breyner Andresen

A PAZ SEM VENCEDOR E SEM VENCIDOS

Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos// Que o tempo que nos deste seja um novo// Recomeço de esperança e de justiça.// Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos // A paz sem vencedor e sem vencidos// Erguei o nosso ser à transparência// Para podermos ler melhor a vida// Para entendermos vosso mandamento// Para que venha a nós o vosso reino// Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos// Fazei Senhor que a paz seja de todos// Dai-nos a paz que nasce da verdade// Dai-nos a paz que nasce da justiça// Dai-nos a paz chamada liberdade// Dai-nos Senhor paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos//

*******************************

Vai aqui um trecho de um texto de Frei Beto,

para alimentar nosso trabalho pela PAZ, nada fácil,

em tempos do reinado das aparências:

"Arranca de tua mente todos os preconceitos e, de tuas atitudes, todas as discriminações. Sê tolerante, coloca-te no lugar do outro.(...) Antes, indaga a ti mesmo por que provocas em outrem antipatia, rejeição, desgosto. Reveste-te de alegria e descontração. A vida é breve e, de definitivo, só se conhece a morte." foto: Veneração. Peça em cerâmica. Artesanato paraibano.

12 comentários:

Claudinha ੴ disse...

Olá querida amiga! Qaunto tempo!
Fico muito feliz que possamos nos visitar ainda e adorei esta sua postagem porque ela fala de paz, e ainda, a paz sem vencedor e vencido! Esta realmente seria a verdadeira... Foi uma boa escolha a sua!
E a cerâmica, é de sua autoria? Linda! Adoro trabalhos de cerâmica e tudo o que a terra me dá, como os cristais também.

Beijos!

Fernanda disse...

Ceci...foi procurar o poema...é lindo, não é? Suponho que seja uma oração, também.

Um exercício que faço muito é por-me no lugar do outro; dá logo outra perspectiva!

Bom fim de semana, querida!
Bjos

P.S. A escultura é da sua autoria? é linda.

Fernanda disse...

Ah, como eu queria ir ver essa exposição, Ceci...
Porque não tira fotos do local e das peças e coloca aqui?
Seria uma forma de partilhar connosco o que faz e para nós, que nos separa a distância, uma forma de estarmos presentes.

Fica aqui a minha sugestão.
Beijos.

Melhor Vida.. disse...

Estou chegando hoje no seu blog e vou voltar... gostei muito das suas mensagens... por favor visite meu blog: http://vitaperfectaest.blogspot.com

Beti Timm disse...

Ceci,

paz, um sonho para o futuro, que todos nós queremos pra agora, pra ontem.
Me diga como te envio tua fantasia.

Beijos cheios de paz!

Cecília disse...

Paz!
Um desejo de todos nós!!!!
Lindo poema!!!

Beijosss

Cecília disse...

Ah, tou participando de uma blogagem coletiva sobre a Paz e vou colocar este poema no próximo post. :)

Beijosssss
Tenha um lindo dia e uma semana maravilhosa

Zeca disse...

Ceci,

lindo o poema e linda a mensagem. Que venha a paz, nas asas da esperança!

Beijos.

olhodopombo disse...

Ola Ceci,
obrigada por sua passagem no meu blog.
esteja a vontade para navegar.
que bom que voce foi no meu blog,
assim pud evir aqui me deleitar com o poema da mãe do escritor portugues Miguel Sousa Tavares, que escreveu "Equador", um livro que li recentemente,e que gostei.

olhodopombo disse...

Ceci,
quando os paises do G8 e o Irã,
PARAREM DE FORNECER AS ARMAS , ambos os lados cessarão o combate....

Crys disse...

É mais que poesia, é uma oração!
Linda demais!
Paz pra todos nós!
Beijos, querida!

Miguel S. G. Chammas disse...

Cecilindiazinha, vai lá no meu cantinho de rabiscos que tem um desasfio para você.