terça-feira, 8 de abril de 2008

BARDANA, POUCO CONHECIDA

BARDANA, POUCO CONHECIDA Uma herança dos tempos do Rio de Janeiro foi a simpatia com alimentos diferentes, que me aproximou de outros sistemas, como o vegetarianismo e a macrobiótica. Digo aproximou. Fui radical em ambos, cada um no seu tempo. Depois, a vida me trouxe para uma forma em que satisfaço minha necessidade sem preconceito, com bastante leitura, reflexão, conseguindo somar os aprendidos. Daí, conheci uma raiz que tem o nome de bardana e que tem várias indicações para fortalecer a saúde. Tive saudade e, não encontrando em minha cidade, a meu gosto, uma amiga me mandou de São Paulo, para meu deleite e saúde. Depois de limpar a fina pele, preparo a bardana em pedaços, de tamanho regular, cozida em água, pouco sal a gosto e molho de shoyo, podendo refogar ou não, em alho e/ou cebola abundantes. Fiz uma brincadeira com o preparado, acrescentando à lentilha, e ficou bem simpática, sem contar que o prato estava praticamente completo, faltando um toque de verde, e outro de vermelho, facilmente resolvido com as cenouras, tomates, coentro ou salsa e saladas diversas. Acompanhado de peixe ao azeite, que maior paraíso posso esperar? Posso assegurar: uma vez ingerida, sentem-se diferenças no funcionamento digestivo, e até no humor. Até a próxima brincadeira!

11 comentários:

Dora disse...

Ceci. Não conhecia nem de nome: bardana...Pela foto, pareceu-me mandioca. Essa sim, como até fartar...rs
Mas, a receita aí me deu água na boca, porque congrega todos os alimentos que me apetecem...Ficou faltando, para o preparo da minha receita, então, a bardana...rs
À toi, bon appetit!
Bisous! rs
Dora

Jota Effe Esse disse...

Graças a ti, já conheço a bardana, mas não tenho comprado. Qualquer dia vou comprar. Meu beijo.

Roseane, disse...

Gostei de saber sobre a bardana. E da enquete também. Votei. Bom final de semana!!!

Anônimo disse...

Com todos os ingredientes de que gosto muito,a bardana, ou pegamassa,deve ter ficado ótima. Ceci, um grande abraço. Francisco Dantas

Crys disse...

Amiga, eu nunca nem ouvi falar, mas pelo jeito é uma raiz, tipo mandioca, e uma vez incluída em algum prato culinário deve ter seu sabor realçado.... adorei isso... hum!! beijão

Miguel disse...

Ceci, mais uma vez dando-nos lições de conhecimento geral. Gostei de ser apresentado para a bardana!
Vim aqui para dar um abraço carinhoso na minha cecilindiazinha e contar que estou em novo endereço que é www.prosaversochammas.blogspot.com
apareça por lá, será sempre bem recebida.

dácio jaegger disse...

Deve ser interessante; exótica, como tantas plantas, misto de alimento e remédio precisa-se de administração para saber quando usá-la como a necessidade do momento...rs.Beijos

zeca disse...

Cecilindiazinha,

que bom te ver de volta!

Eu conheço e gosto muito da bardana. Também já fui vegetariano e hoje, me alimento bem, sem radicalismos. Gostei da "receita", com lentilhas. Vou preparar aquí.

Beijocas.

Crys disse...

E por falar em saudades, onde anda vc???? beijos amiga!

Anônimo disse...

Ola gostaria de encontrar semestes de bardana para comprar por favor

cpl.ic@hotmail.com

Iandes Furquim

Anônimo disse...

Ola pessoal sou novo por aqui.
Estou muito interessado em comprar a raiz de BARDANA,alguem poderia me ajudar, me dizendo aonde encontro esta milagrosa raiz ,um abraço a todos.

wilson.agape@yahoo.com.br